Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 10, 2008

ATENÇÃO!!!!!!!

Leia a matéria que escrevi e saiu hoje no http://www.bolsademulher.com.br/ não desista se tiver que se registrar nesse site, ele é simplesmente bárbaro! Tema: Refém do amor...Com certeza você vai ficar sabendo como se livrar de um carcereiro do amor....bjks queridas amigas....deixem comentários aqui no blog, para que eu possa conhecê-las melhor, combinado?beth valentim

indignação a toda...

Gente é coisa séria! Coração ferido, vida que passou aos trancos e barrancos, poxa vida! Até dá vontade de deixar pra lá essa coisa de coração palpitando e ficar sozinha mesmo. Já passaram por algo assim? Dá arrepios conhecer alguém novo, superbonzinho, que deseja que tudo dê certo e faz planos junto com você. Quem diria! Depois de tantas o ar do amor acontece. Um gesto interessante, palavras sutis, carinho, paciência, investimento. Sim! botar na balança e pesar...Será mesmo que vale a pena? E se não der certo? Como se fica? Bem, até lá, no momento de dizer - sim - a ansiedade bate forte, despeja um monte de suores na face e até a coluna começa a doer. Estava tudo meio ruim mesmo. Aquela pessoa idiota se foi, fez o que quis, agiu como um malfeitor. Brincou com os sentimentose jogou a dignidade no poço. Cruel? Talvez sim talvez não. Usou as armas que tinha para seduzir, e, eram tão poucas...mas uma pessoa frágil, aceita qualquer bobagemmesmo - um doce de padaria tem cara daqueles das c…

surpresas da vida...

Quando imaginamos que tudo está indo muito bem, que estamos sendo agradáveis e agindo de maneira adequada, uma nuvem negra se instala bem sobre nossas cabeças. Na verdade, é um sentimento estranho de sentir... É quase um “não entender coisa alguma”. O combinado se torna “descombinado”. Quem se conhece há tempo, surge com uma linguagem que não se espera. Tudo se transforma... Uma bomba relógio é atirada bem em frente ao seu dia, que parecia estar seguindo de maneira harmônica. Bem, não dá nem para responder alguém que perde a noção das coisas. Lança chamas de qualquer jeito e deixa chamuscada uma amizade. Por que não conseguimos controlar as emoções? Seriam elas tão poderosas assim ou ficamos para trás, deixando de desenvolver as incríveis defesas que nos proporcionariam momentos mais sublimes e relaxados? Por que vivermos tensos e desesperados? Mal do século? Estímulos que vêm com força total e destroem, em um segundo, as causas pelas quais lutamos. Pois é...nem lembramos dos dias mel…