Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 2, 2014

Um dia de fé...

...E agora, nesse momento, a fé me invade, que bom... figura reproduzida Sempre ele...o momento em que nos sentimos frágeis e somente Deus pode ajudar. O choro vem sem conseguir ser estancado. A alma dolorida estala como se fosse algo que estivesse comprimido dentro da gente. E nesse vai e vem de sentimentos a  vida repassa, cada pedaço, e, ela demonstra suas fragilidades desejando que sejam acolhidas para que possam seguir em paz.
Medo.
Sentimentos doloridos do passado.
Lembranças que atemorizam...
Ah tantas coisas temos dentro do coração e que não podemos controlar. E como fazer para que tudo volte ao normal e possamos levantar e continuar vivendo com alegria.

Senhor, por favor, retire de mim essa dor que em consome.
Senhor, por favor, deixe-me esquecer o que me impede de viver melhor.
Senhor, por favor, se eu não puder ter realizados meus sonhos que pelo menos eu possa viver a felicidade de ter um futuro traçado por Sua vontade.

Essas fraquezas ameaçam minha alma. Preciso de Sua armadura par…

Ser autêntico e honesto é mergulhar profundamente na alma...

…Em vez de mergulhar na lama tente mergulhar no fundo da alma… figura reproduzida
http://blogs.bolsademulher.com/BethValentim/2014/11/06/ser-autentico-e-honesto-e-mergulhar-profundamente-na-alma/

E hoje o nosso post é o texto do site "Bolsa de mulher" onde sou colunista.
Acabou de sair e é bom você ler, quem sabe dá uma "sacudida" em sua alma?
Beijos
Beth Valentim

Tenho um coração de fogo para lutar...

figura reproduzida
Hoje o nosso post é o texto que escrevi para o site "Família" de UTAH Salt Lake City, EUA, onde sou colunista.
Você tem um coração assim?
Ah...Que bom, eu te felicito!

http://familia.com.br/tenho-um-coracao-de-fogo-para-lutar


Beijos
Beth Valentim

Não podemos ter tudo, mas podemos tentar ser melhores e mais felizes...

...Não adianta, você não vai encontrar tudo nem em seu próprio tesouro... figura reproduzida Tem gente que fica no desespero quando não consegue algo. Tem quase tudo, mas um detalhe desamarra os fios da vida e pronto. Lá vai por água abaixo o que conseguiu construir e perde o controle das alegrias...
Afinal, acredite, não se pode ter tudo. Podemos ter muitas coisas, próximo até da plenitude, mas sempre algo fica faltando e não é por isso que merecemos a tristeza.

Você tem amor, uma casa, família, mas no trabalho as coisas não andam bem. Vive as turras com os colegas e o chefe, bem, esse nem se fala. E para terminar a viagem dos sonhos foi cancelada por motivos particulares. E nesse momento você se esvai em tristezas, medo do que ainda pode acontecer e esquece que em torno de sua vida as coisas caminham de modo perfeito, mas não se pode ter tudo.
Tudo é o equilíbrio total e esse equilíbrio é a morte. Como podemos viver sem expectativas e desafios...
Claro, seria melhor que tudo fosse como no…

O fim pode ser o começo...

E hoje é dia do nosso "Momento relembrando para não esquecer".

Perdida? É melhor entender que se procurar vai encontrar, só depende de você e de belas escolhas... http://bethvalentimcoisademulher.blogspot.com.br/2014/01/o-fim-pode-ser-o-comeco_25.html
Beijos
Beth Valentim
figura reproduzida

Dia de pernas para o ar..

...Mais um Domingo especial... figura reproduzida Mais um domingo, que especial...Sair por aí sem planos é o melhor programa. Parar em qualquer lugar, um click, um suspiro, uma lágrima de emoção. E que delícia ser assim tão low profile, com as pernas soltas para a conquista e o olhar iluminado pela paixão...
Aproveite o dia.
Saia para relaxar.
Mergulhe.
Corra.
Caminhe.
Pedale...
Sei lá...
Talvez queira ficar mesmo em casa, mas sinta-se maravilhosa, maravilhoso, uma pessoa que merece tudo, até essa paz, o silêncio que invade tudo e ao mesmo tempo preenche de emoções diversas por todo o tempo...
Mais um dia assim em que trocamos essas palavras. Bom não é? Eu adoro estar por aqui com você, super adoro e quem sabe um dia até possamos nos conhecer...Sim, abraçar, falar que aprendemos tantas coisas nesses anos por aqui, principalmente a celebrar um domingo e que antes era o prenúncio de uma semana sombria, cheia de afazeres, rotina pesada... Hoje não...Domingo é demais!
Beijos
Beth Valentim