Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 3, 2016

Sabedoria....

... O silêncio que enobrece... figura reproduzida Se um dia eu pudesse dizer adeus para sempre, diria adeus aos momentos constrangedores. Aqueles que ficam sem ter respostas, já que falar alguma coisa seria seguir contramão ao caminho que escolhi para viver e ser feliz...
Beijos
Beth Valentim
Recadinho...

Partidas das idas e vindas, enfim...

...Resolvi. Enfim, parti mesmo sem você... http://bethvalentimcoisademulher.blogspot.com.br/2013/10/partida-das-idas-e-vindas-enfim.html?spref=fb E hoje é o nosso dia "Relembrando para não esquecer".
Beijos

Beth Valentim
figura reproduzida

Apenas uma frase...

Não importa se serei grande, mas vou continuar subindo cada degrau que pode levar aos meus sonhos. Beijos Beth Valentim

A grosseria me paralisa, ainda bem...

...Ai que delícia...Minha vida é puro desfrute... figura reproduzida Felizmente certas palavras me deixam assim, sem reação. Felizmente não tenho respostas para grosserias. Felizmente pessoas que deixam escapar letras doentias saem de minha vida como se fossem fumaça.
Sinto muito, mas respeito é fundamental.
A vida já tem muitas nuances a serem superadas e não perco tempo com baboseiras de pessoas descontroladas.
Se um dia fui assim, me perdoe coração, sim, porque o fiz sofrer demais. Hoje em dia a minha alma tem uma porta de vai e vem e do mesmo jeito que entram pessoas bacanas, saem aquelas que sequer me deixaram lembranças aproveitáveis.
Parece um texto desesperado,  mas não é, faz parte de um alerta essencial. Tem gente que aceita tudo e se fecha em copas com seu desespero. Não é assim que se vive, sequer se alegra. Se alguém não te faz bem, não importa quem, saia de fininho, não responda e deixe de lado. Porque um dia você terá que aprender a viver sem o amor de quem não te ama e curti…

Um dia de fé...

...Adoro estar aqui nesse lugar onde minha fé transborda... figura reproduzida E o tempo passa e eu fico a imaginar coisas. Sonhos, desejos, esperança que está esgarçada para continuar esperando algo lindo acontecer e de repente tento entender que não posso ter tudo, não é possível ajustar todas as coisas que imaginava possuir e fico a pensar que o tempo passa e, que pena, tudo poderia acontecer e a felicidade ser tão mais bonita.
E hoje bem cedo quando saí para pedalar, parei naquele lugar que adoro e vejo o mar e fechei os olhos por alguns segundos e agradeci. Agradeci o que sofri, porque entendi que mesmo assim é possível viver e seguir em frente. Que mesmo sem tudo o mínimo foi essencial até o momento. Que mesmo sem ter as pessoas que amo ao lado, mesmo assim fico tão alegre quando os encontro. Que o perdão era no passado algo inatingível para mim e o rancor ficava a rondar minha alma como um fantasma amedrontador e hoje ele se dissipa de tal jeito que só tenho certeza que é um milag…

Dia de pernas para o ar...

...Mais um domingo, que delícia... figura reproduzida Primeiro domingo do ano e melhor ainda é ser um dia que fecha as comemorações de fim de ano.
Sentir o prazer imenso por ter vivido mais um tempo e deixar de lado desavenças e poucas coisas que nada somaram.
Lembrar do que foi bom e sentir o alivio dos sábios de ter crescido, feito amizades e sentido amores diferenciados.
E como é o nosso Dia de pernas para o ar, enfim, vamos dar as mãos simbolicamente e curtir todas as alegrias que forem possíveis.
Chova ou faça sol crie um dia lindo. Voe na esperança e liberte-se das amarras. Usufrua dos sentimentos nobres e saia por aí sentindo a brisa do bom viver.
Bom domingo!
Curta cada momento.
Sinta!
Torne o dia leve...
E desfrute, sempre, sempre e sempre...
Beijos
Beth Valentim