Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 26, 2017

Uma noite apenas...

...E como explicar o inexplicável... figura reproduzida Tão distante e uma emoção tão inexplicável. Uma noite...Sim, uma noite aapenas. Aquela noite que despedaça seus olhos que miram os olhos de alguém. O jeito dançante de ser. Tantos beijos deliciosos.

Que inexplicável é o amor. Ele adentra no corpo de quem estiver desprevenido e tira tudo do lugar.

Você com seu sotaque danado de lindo.
Você com sua boca macia de veludo.
Você que me deseja como ninguém me deseja.

Dois anos passaram. Meu Deus! Como explicar algo assim tão súbito entre nós dois?

Você chega sem avisar de um lugar distante. Diz que me quer ver. Eu fujo por fora, mas por dentro eu digo sim. Me acolho em seus braços como naquela noite linda. São tantos abraços...Ah são tantos beijos...São tantas coisas entre nós que nem sabemos explicar.

E nesse vai e vem de tudo, você tem que ir embora. Moramos tão distantes. Somos tão diferentes e tão iguais.
Afinidades.
Pele.
Sussurros.
Fantasias.
Sensibilidades.

E como explicar algo assim tão mágico…

"Coisa de mulher"...Livro de Beth Vlentim

Há 4 anos nos mais vendidos e hoje, dia 1 de abril e não é mentira eheh, está na posição 5 dos mais vendidos nessa Categoria e na posição 29 na Categoria Geral dos livros mais vendidos iTunes.
Simplesmente mágico viver isso...
Obrigada a todos que torcem por mim! Beijos Beth Valentim

Encontro de ex apaixonados...

...Só um abraço apertado e depois a realidade... figura reproduzida Ainda assim quero te ver, olhar em seus olhos e cuidar de enxergar a verdade. Se antes não foi possível, agora sim tenho condições de ser adulta o suficiente para entender o que passa em seu coração.

No passado a meninice me ocupou e fiquei tropeçando em suas palavras, atos e olhares, mas agora não. Sou pessoa inteira e jamais aceitaria metades espalhadas por todos os lados.

Fica assim combinado, eu vou, mas retorno. Você vem, mas vai. Não temos laços, somos adultos e deixamos de lado as emoções baratas que nos fazem escorregar. Combinado?

Fica também acertado que se fizermos sexo será apenas por fazer sexo, nada mais. Moderno? Talvez livre e por que sexo seria ainda tabu quando todos temos o direito de em liberdade sentirmos prazer?

Fomos apaixonados, com certeza e muito, mas que seja essa lembrança apenas o turbinar de corpos, de sorrisos, de coisas que serão faladas para rir muito e não para melancolizar.

Vivemos tempos d…

Façamos a nossa parte...

...Saia dessa arrogância e se humilhe de amor... figura reproduzida "Tento evitar discussões, mas elas existem". "Tento sair de fininho quando o clima esquenta, mas é difícil".

Quantas vezes você já escutou essas frases? Sim, muitas vezes, não é? Por que as pessoas se envolvem em confusões se poderiam dar meia volta e deixar para lá questões que não podem ser resolvidas...

Ah por favor, ninguém muda ninguém. Ninguém, salva o outro. Cada pessoa é única e especial mesmo em suas dificuldades e precisamos aceitar, entender, perdoar. Se a vida já é difícil com as amenidades, imagina com as complexidades.

Façamos a nossa parte.
Esqueça o que não agrega e some o que é positivo.
Não se importe de maneira negativa com as dificuldades alheias, pelo contrário, aceite-as.

E quando estiver frente a uma situação desconcertante, não reaja com tentativas e sim com posicionamentos. As pessoas se destacam por suas atitudes e você pode com certeza, fazer a diferença.
E sabe? Se humilhe de amo…

Por uma vida inteira...

...E por uma vida inteira vou estar de pé... figura reproduzida Tenho minhas dúvidas sobre você, mas tenho certeza sobre mim. Quero paz, vida estável e sem você ou com você irei buscar essa sintonia comigo mesma. Sou dessas que não abre mão de dias felizes, amigos bem humorados, um trabalho que me valorize, sonhos, viagens, enfim, sou mesmo privilegiada.

De um amor para outro sinto-me crescida emocionalmente e a cada dia, em vez de falar para mim "errei", digo "aprendi". Sim, porque somos imperfeitos e não podemos ter tudo ou saber tudo. O importante é aceitar, refazer as manobras e continuar.

Aqui fica um desabafo ou reflexão, o que importa a denominação se o que sinto é verdade?
Verdade de ser. Verdade de poder ser. Verdade de sonhar ser.
Pois é, enquanto isso estou de pé em vez de me jogar ao chão quando algo acontece, porque a valentia nunca foi para deitar-se ao chão, muito pelo contrário, é de "levar chão" por uma vida inteira.
Beijos
Beth Valentim

A delicadeza encanta...

...Visite o céu, porque vale a pena sentir-se assim tão delicado... figura reproduzida Sabe o que me encanta? A delicadeza...seja das palavras, dos atos, do sorriso, seja do que for. Ser delicado é ser intimo, quase perfeito, pessoa bacana e de bem com a vida. Os difíceis vivem criando situações para ficarem mal, desentenderem-se, sentirem-se bem com os problemas dos outros. Os delicados sempre abrem uma fresta para entrar a brisa, refrescar o ambiente, deixar o sol clarear a sala do amor.

Que me perdoem os complicados, porque a vida é simples e a felicidade nem se fala. Saia dessa vala e enxergue o céu. Somos frutos da beleza, do amor entre duas pessoas, dos atos de carinho, das dificuldades também, mas muito mais de encontros do que desencontros.

Que a vida nos leve a sobrevoar lindos espaços e não a derrubar árvores ou mesmo cair em buracos profundos. Somos almas plenas. Pessoas incríveis. E por favor, acredite nisso.
Beijos
Beth Valentim

Tenho dúvidas sobre o amor...

...Refletir sobre o amor? Tenho minhas dúvidas se é possível... figura reproduzida Tenho dúvidas sobre o amor, mas o amo mesmo assim. Gosto do seu jeito largado e ao mesmo tempo controlador. Do seu sexo desvairado e sempre carinhoso. Tenho saudade do seu tom, de suas manias, aventuras e desventuras. E se ainda quiser amar, ah eu vou amar...Viver momentos intensos ou não, falar não, sim, talvez, mas deixar a mostra o meu jeito gostoso de ser, seja em seus braços ou seus abraços, beijos, amassos, sei lá...Porque sobre o amor a dúvida termina quando ele chega, quando lança o olhar e desnuda o corpo de quem precisa amar, sentir e viver amando, sem mais...
Beijos
Beth Valentim

De pernas para o ar...

...Mais um domingo, que delícia... figura reproduzida Mais um domingo e no Outono os dias estão mais agradáveis. Domingo de sol, porém mais fresco e não aquele calor desesperador. E para começar o dia fui caminhar por aí sem planos, sem objetivos, apenas emoção. Que delícia...Vi tantos lugares lindos, pessoas felizes e pensativas, "fechadas", sorridentes, mas tentando, todas, viver o melhor para si mesmas.

Domingo é dia de rezar, agradecer, visitar amigos, ficar quieta ou quieto em casa, arrumar as gavetas físicas e emocionais e de quebra, preparar-se para uma nova semana especial que vem por aí.

Ser feliz é isso, tentar de todas as maneiras se superar e domingo tem esse gostinho de feriado, encontro, sentar em um banco e olhar a vida passar e até se emocionar porque é possível estar, ser e viver...Que bênção!
Bom domingo!
Beijos
Beth Valentim