Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 2, 2017

Cheiro do amor...

Pode ter certeza, quando os cheiros se misturam, pode sair até "fumaça"... figura reproduzida
Dizem que o amor não começa quando os olhares de duas pessoas se encontram, mas sim um pouco abaixo...no nariz. Será mesmo que o cheiro provoca uma reação desconcertante no outro?
 Por que algumas pessoas “chamam” atenção pelo aroma do seu corpo para uns, muito mais do que para outros? Essa coisa de que o cheiro íntimo da pele, de tudo o mais que se refere a alguém, faz com que o parceiro fique inebriado, bêbado, tonto, anestesiado, é verdade? Realmente existem as “gotas do amor”, que fazem com que a gente fique com cara de bobo frente a quem conseguiu transmitir a mensagem, através do seu cheiro?  Por que tem certos parceiros que grudam seu nariz no corpo daquele que está ao lado, e, nem de longe esquecem o que sentiram?
 É absolutamente verdade...O cheiro de quem se ama deixa saudade...Não importa qual o tipo de amor - duradouro, por meses...ou o que está em alta. E como deixa! São mu…

Porque a vida é uma troca...

- Bom dia, senhora...
- O que precisa para hoje senhor João?

Maria é uma mulher de meia idade e sempre com um sorriso delicioso para nos receber. Muitos do povoado vão todos os dias até sua vendinha para olhar para ela...É como receber o bálsamo da felicidade.

- Apenas um pouco de arroz...só para hoje - respondi.

Maria saiu sorrindo para buscar meu punhado de arroz.

- Está bom assim, João? Duas conchas de medida. Pode ser? - Ela perguntou enchendo o saquinho plástico.

Sabe quando você percebe nitidamente que a pessoa entendeu o que quis dizer com "apenas um pouco de arroz"?

Era como o código de que amanhã eu voltaria para comprar mais e poder receber seu sorriso.

- Obrigada, falei.
- Eu que agradeço sua presença, senhor João.
- Agradece? - falei surpreendido.

Ela afastou uma mecha da testa e me olhou fixamente.

- Sim, e se não fosse seu punhado de arroz todos os dias, o do seu vizinho, da moça que cuida do jardim da praça e todos mais do povoado, como eu poderia sorrir,  senhor João...

N…

Um dia de fé....

Tem dias que a lucidez é a fé... figura reproduzida
Despertei muito cedo. Manhã fria, muito fria. Mesmo assim peguei a bicicleta e fui pedalar sem mesmo sentir o vento que talvez me levasse como se perdida no mar...Afoito meu coração pedia para aquietar-se, sim, hoje é um dia importante, sim, é.  Resolução de questões que antes sequer imagina viver e nesses momentos tenho mais certeza de que sem fé não conseguiria seguir em frente com capacidade para lutar.

Lutar.
Combater.
Vencer.
Perder e aprender, porque nem sempre vencer é ganhar.

Tenho sentido muitas mudanças dentro de mim. Angustias que me ensinam a viver. Dores partidas que vão e vem e deixam marcas impressionantes. Amores...quantos amores...e um dia lá atrás em meu mundo pequeno demais, pensei que não os tivesse.

Deus amado, muito obrigada por tudo.
Deus amado, muito obrigada por tanto amor que tem por mim.

E que a minha fé me surpreenda a cada dia, me deixe firme como um tronco de árvore bem plantada. Que a mente seja alvo do sol criad…

Um recadinho...

Guarde para sempre a missão de ser integra, integro, mas sem depender de aprovação do outro. Beijos  Beth Valentim

De pernas para o ar...

...Feliz domingo, mais um em nossas viddas... figura reproduzida Mais um domingo e por aqui,  para o carioca, um domingo nublado e friozinho. Dia de ficar nos edredons e misturado, misturada com muitos sonhos, histórias inventadas ou não, mas é o dia, pelo menos para mim, de descanso.

Casa nova. Muito trabalho. Mesmo não tendo terminado a arrumação, dá para perceber que tudo deu certo. 

Mudar é mesmo a escolha de um novo caminho. É sentir-se livre do passado e redescobrir o futuro. E nesse domingo vou ficar de pernas para o ar, se sair, só um pouquinho para mexer com mínimos detalhes e depois, o agradecimento por mais uma conquista.

Domingo é dia de sair por aí, encontrar pessoas amorosas, ler, assistir TV sem compromisso, filmes, planejar uma nova semana, porque ela está por vir.
Bom domingo!
Beijos
Beth Valentim